BLOG

Professor conectado: quais são suas habilidades e competências?

professor conectado

Tabela de Conteúdos

O que é ser um professor conectado? Para contextualizar, a educação foi um dos setores mais impactados nos últimos anos. Com tantas mudanças, um novo cenário se instalou, e não parece ser temporário. Com o início das aulas remotas, a inserção da tecnologia veio para ficar e isso implica em novas habilidades essenciais, tanto para os alunos, como para os professores.

Mas o que mudou? Quais são as habilidades que os professores precisam desenvolver?

Saber utilizar a tecnologia como aliada na sala de aula

Essa é uma das principais habilidades de um professor conectado.

Hoje em dia, com tantos recursos tecnológicos à disposição, saber como preparar uma boa aula utilizando essas ferramentas pode mudar completamente o interesse dos alunos pelo assunto abordado e ainda facilitar muito a vida do professor. Para isso, os profissionais precisam se capacitar e se atualizar constantemente. 

Os estudantes nasceram e cresceram em um mundo conectado, ou seja, eles são nativos digitais, logo é muito difícil desassociar as tecnologias da sala de aula. Saber fazer essa ligação de forma equilibrada e estratégica pode despertar um interesse maior da turma. 


Ser um guia no processo de aprendizagem

O professor conectado deve pensar nas habilidades que os alunos precisam desenvolver para sua formação integral. Para isso, o professor passa a se posicionar como um facilitador e guia na sala de aula, não como o centro de todo o processo. As mudanças que ocorrem constantemente ao nosso redor também passam a exigir que novas habilidades sejam trabalhadas. 

Incentivar o aprendizado conectado com o mundo real é essencial. Trabalhar com atividades que promovam colaboração, comunicação, resolução de problemas e criatividade através de aulas mais dinâmicas e interativas. 

Levar o processo de ensino e aprendizagem para além da sala de aula 

Os alunos estão cada vez mais conectados, e a sala de aula agora pode ir além das quatro paredes dentro do ambiente escolar. Agora, nossa sala de aula pode ser um celular, um computador ou qualquer outro recurso que promova conexões e aprendizagem. Vai muito além de um local, e passa a ser um momento de desenvolvimento, uma experiência.

O conceito de Sala de Aula Invertida mostra como trazer o momento de internalização conceitual antes da aula em si.

Leia também: A Sala de Aula Invertida

Mostrar que o aluno deve ser o protagonista do seu processo

O professor conectado também tem o papel de instigar nos alunos a curiosidade e a vontade de buscar conhecimento por conta própria. Com tanta informação na palma da mão, os alunos precisam saber por onde começar, em que confiar, como encontrar informações e o que fazer com elas. 

A ideia é trabalhar mais a resolução de problemas, pensamento crítico e raciocínio lógico do que a memorização simples e pura. Saber um conceito, mas não saber como utilizá-lo na prática não vai agregar valor fora da sala de aula, no mundo real. Podemos dizer que o futuro é multidisciplinar, os alunos precisam navegar por várias disciplinas para proporcionar uma experiência mais completa e significativa. 

O que achou das habilidades abordadas?

Está procurando inovação? Seja você também um professor conectado! Conheça nossa assinatura Aula Nota Dez.

Assine o nosso canal:

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Está gostando? Compartilhe!

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos:

Vamos Começar!

Informe seus dados abaixo para prosseguir:

Clicando no botão, você concorda com nossos termos e privacidade.